Fogão? Que nada… Algumas Receitas (cruas)…


Pratos belos, criativos e saborosos, todos com alimentos crus. Esta é a base da culinária viva

JULIA GUIMARÃES

Você conseguiria imaginar a vida sem aquele instrumento básico de qualquer cozinha, o fogão? Sem carne, ovos e derivados do leite? Isenta de produtos industrializados? Pois saiba que muita gente não só imagina, como vive – e bem – sem tais alimentos. São os seguidores da chamada culinária viva ou crudicismo, um tipo de alimentação exclusivamente a base de vegetais, que se inspira no princípio de que os alimentos devem ser consumidos sempre em seu estado natural, ou seja, crus.

Nessa culinária, grelhados, assados, fritos e cozidos estão fora de cogitação. Nada de pratos quentes, no máximo, amornados. Se, à primeira vista, a imagem pode despertar certo tédio gastronômico, é bom saber também que a culinária viva costuma realizar incríveis receitas na cozinha, criando refeições correspondentes aos clássicos da alimentação tradicional como lasanhas, tortas e bolos, através de combinações criativas e belas.

Um broto de girassol, por exemplo, pode fazer as vezes de espaguete. Legumes laminados surgem como correspondente de massas. Um ovo de Páscoa pode ser feito a partir de linhaça germinada moída com banana passa. São receitas tão múltiplas quanto os ingredientes utilizados pelos adeptos dessa alimentação.

Mas qual seria o motivo para uma inversão de tamanha grandeza? Segundo os diletantes da culinária viva, a explicação estaria relacionada ao próprio processo da digestão humana. Submetidas a altas temperaturas, as enzimas dos alimentos deixam de operar. Com isso, o corpo humano acaba tendo que produzir mais das suas próprias enzimas para realizar a digestão, o que consome uma energia que poderia estar sendo usada para outras funções.

“Ao economizar energia na digestão, ela é disponibilizada no corpo de outra forma. Com isso, você amplia sua sensibilidade, estabiliza os humores e acaba adquirindo uma grande serenidade”, avalia o artista culinário natural Flávio Passos, adepto da culinária viva há cinco anos.

Entre os benefícios citados por quem aderiu à alimentação estão desde o aumento na capacidade de concentração até a necessidade de um período mais curto de sono por dia. N

Em Belo Horizonte, ainda não há restaurantes especializados nesse tipo de gastronomia, que ganhou força e popularidade na segunda metade do século XX, com focos de adeptos na Califórnia e em San Diego, nos EUA. Mas não é necessário ir muito longe para preparar as principais refeições da culinária viva. Com um liquidificador, ingredientes saudáveis e mente aberta, é possível dar um tempo – ainda que ocasional – ao velho seis bocas da sua cozinha.



Saiba mais

O que você ganha no consumo da culinária viva


• O vegetal cru, por ser mais rico em fibras, promove vários benefícios à saúde, como controle glicêmico, redução de colesterol e controle de peso.

• O alimento que não se submete a altas temperaturas garante a preservação de seus micronutrientes, necessários ao organismo humano.

• Segundo estudo publicado pela revista norte-americana “Epidemiology”, uma dieta rica em alimentos crus e frutas pode reduzir o risco de aparecimento de cânceres como o demama e de cólon.

• Por não se submeterem a processos de industrialização, nem receberem aditivos químicos, os alimentos da culinária viva sãomais saudáveis e menos tóxicos.



RECEITAS – CULINÁRIA VIVA
Suco de Sol (Clorofila)

Bater no liquidificador a água de um coco, sua polpa branca, um maço de salsinha e algumas folhas de hortelã. Servir imediatamente e degustar. Clorofila é a luz do sol líquida!



Pão Solar

Deixar de molho, por oito horas, meio quilo de sementes de trigo. Lavar e deixar repousando por dois ou três dias, sempre umedecendo para que brotem. Levar os brotos ao sol até que estejam completamente secos. Com um moedor de grãos ou liquidificador potente, transformá-los em farinha. Tempere a farinha como desejar (com sal marinho ou de rocha, ervas, etc) e acrescente água aos poucos, sovando a massa até que esta obtenha a consistência desejada. Molde o pão, corte as fatias e leve-as ao sol quente para que sejam assadas, virando as fatias quando necessário.



Mousse de Chocolate Natural

Em um processador de alimentos (com lâmina “S”), bata dois pequenos abacates do tipo “avocado” ou um do tipo “manteiga” com três colheres de sopa cheias de mel orgânico não-aquecido. Acrescente cacau em pó não-torrado ou alfarrôba em pó à gosto e bata mais um pouco. Sirva a mousse em pequenas taças ou cobrindo pedaços de frutas.



Torta de Nozes e Frutas Douradas

Massa crocante: No processador de alimentos (lâmina “S”), transforme em pasta meio copo de figos desidratados préviamente deixados de molho por duas horas. Reserve. No mesmo processador, transforme em farinha um copo de nozes. Em uma tigela, misture ambos com as mãos até obter uma massa firme. Monte a massa em uma forma de torta.

Recheio: No processador, transforme em pasta meio copo de damascos desidratados deixados de molho e uma colher de chá de cardamomo em pó. Recheie a massa com esta pasta, fatias finas de manga madura e polpa de maracujá (com as sementes).



Tacos Naturales

Massa: Corte folhas de repolho roxo no formato de tacos. Massageie-as com sal marinho e deixe-as marinando por meia hora até que fiquem macias. Leve-as ao sol por algumas horas para que desidratem até alcançar o ponto desejado.

Recheio: Amasse um cremoso abacate com a ajuda de um garfo. Acrescente salsa, cebolinha e tomates picados, cominho em pó, sal, suco de limão e pimenta à gosto. Misture e recheie os tacos.

Fonte: JORNAL PAMPULHA – Publicado em: 22/03/2008

Adaptação de Luis Guerreiro


var nMaxPosts = 5; var sBgColor; var nWidth; var nScrollDelay = 175; var sDirection=”up”; var sOpenLinkLocation=”S”; var sBulletChar=”♥”;

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: