Brigadeiros: Recreação de uma receita retirada do blog …

Enviado pela Isabel Carlos (de Portugal)… Obrigado!!!

Mande também as suas receitas…

Olá Luís…

No passado feriado, dia da Liberdade (em Portugal), tomei liberdade :o) e levei para o Pic Nic da equipa dos colaboradores do http://www.centrovegetariano.org uma receita crua de sobremesa….
Fiz então esta seguinte interpretação, a que junto foto, e peço sua opinião acerca da associação que fiz dos ingredientes que lhe compõe….
Bem, mas na verdade estão muito saborosas, softs, perfumadas e segundo o Mateus, muito apetecíveis, de só parar quando não houver mais :o)
… bem na verdade, esta última parte, fui eu que inventei … a de parar quando não houver mais :o)
Abraço, então
……………………………….
50 gr de avelãs (e ou outras Oleaginosas) hoje fiz com Castanha do Pará e Noz, para além das Avelãs …..
uma Boa colher de Farinha de Alfarroba, 4 a 5 Ameixas Secas, demolhadas durante uma noite, em pouca água mineral uma colher de sobremesa de mel ou melaço de cana … se gostares de um paladar mais doce …. (quanto a esta experiência e ao meu gosto pessoal, estou muito satisfeita apenas com o Doce das frutas secas… )

Reduzir as ameixas a puré, utilizando um pouco da água onde estiveram a demolhar, com varinha mágica.
Colocar no picador, primeiro as oleaginosas e depois a farinha de Alfarroba.

Juntar e mexer, com colher, as duas misturas e por fim adicionar, e se for o caso, a porção de mel ou melaço.

(da primeira vez que fiz, coloquei tudo junto no picador e a massa quase não se misturava dada a consistência…. tive que juntar a totalidade da água das ameixas para conseguir picar tudo junto) .

O Resultado é uma massa mais ou menos homogénea e que nos possibilita fazer, à mão, bolinhas, ora mais ou menos pequenas.

Por fim, passar cada bolinha por alfarroba ou por coco ralado (sem açúcar) e ou por canela ….

Poderás, se quiseres e gostares, colocar algum coco dentro da massa, assim como alguma canela…

Como podes ver as possibilidades são muitas ….
Diverte-te experimentado várias combinações e deixa sempre para o fim a junção da água das ameixas, porque podes vir a nem precisar se conseguires à priori uma mistura bem constante e possível de se trabalhar.

Isabel Carlos

Visit :o)
http://www.cafepress.com/isabeau

http://isabeau.zaadz.com/photos

Mande também as suas receitas…

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: