Alimento orgânico ‘é melhor’ para saúde, indica pesquisa

Nota(Luís Guerreiro): Só para relembrar os orgânicos….(para vegetarianos…os ácidos graxos essenciais podem ser encontrados na linhaça)

Tomates
Pesquisadores analisaram diversos tipos de alimentos

Alguns tipos de alimentos orgânicos são melhores para a saúde do que os convencionais, de acordo com os resultados preliminares de um estudo financiado pela União Européia.

A pesquisa da Newcastle University, na Grã-Bretanha, vem sendo conduzida há três anos e deve ser concluída em 2008.

O estudo indica que legumes e frutas orgânicos contêm até 40% mais antioxidantes do que seus equivalentes não-orgânicos.

O leite orgânico pode conter entre 50% e 80% mais antioxidantes (substâncias que, acredita-se, ajudam a combater câncer e problemas cardíacos) do que o leite normal.

Os resultados também sugerem que os orgânicos contêm menos ácidos graxos trans, considerados nocivos à saúde. Os pesquisadores admitiram, no entanto, que ainda não conseguem explicar as causas dessa diferença.

“Os primeiros resultados mostram variações significativas na quantidade de antioxidantes presentes em frutas e legumes orgânicos em comparação com variedades não-orgânicas”, disse o responsável pelo estudo, Carlo Leifert.

“O projeto ainda está em andamento e, embora tenhamos alguns resultados encorajadores, ainda há muito trabalho a ser feito”, acrescentou.

Nutrientes

Os resultados do estudo contrariam a opinião de especialistas que dizem que não há evidência de que o alimento orgânico seja melhor para a saúde.

Os cientistas analisaram frutas, legumes e rebanhos orgânicos e não-orgânicos cultivados ou criados lado a lado em vários pontos da Europa, inclusive em uma fazenda próxima à universidade.

Trigo, tomate, batata, repolho, cebola e alface orgânicos contêm entre 20 e 40% mais nutrientes do que seus equivalentes não-orgânicos, de acordo com a pesquisa.

Leifert diz que os especialistas estão agora tentando entender o que causa as diferenças entre o alimento orgânico e o convencional.

Ou seja, os pesquisadores querem saber o que, na agricultura orgânica, dá um conteúdo nutricional maior e menos substâncias indesejadas ao alimento.

O pesquisador afirma esperar que o estudo ajude os fazendeiros que optam pelos produtos orgânicos a melhorar a qualidade de seus alimentos. Os resultados finais devem ser publicados dentro de até 12 meses.

A FSA, a entidade britânica que oferece informações e aconselhamento sobre alimentos, diz que ainda não há evidências científicas de que os alimentos orgânicos sejam mais seguros ou contenham mais nutrientes do que os convencionais.

Fonte: BBC Brasil – 29 de outubro, 2007

Noticia mais antiga…

Estudo sugere que vegetal orgânico é mais saudável

Tomates
Pesquisa analisou antioxidantes em tomates orgânicos

Um estudo americano que durou dez anos sugere que consumir frutas e verduras orgânicas é melhor para a saúde do que comer os mesmos alimentos cultivados com o uso de fertilizantes.

Os pesquisadores da University of California compararam tomates orgânicos com os convencionais e chegaram à conclusão de que os orgânicos têm quase o dobro de flavonóides – substâncias consideradas benéficas à saúde por suas propriedades antioxidantes.

Estudos anteriores indicaram que os flavonóides reduzem a pressão sangüínea, diminuindo os riscos de doenças cardíacas e derrames. As substâncias também já foram associadas à redução nos índices de determinados tipos de câncer e demência.

Os cientistas mediram as quantidades de dois tipos de flavonóides – quercetina e kaempferol – em amostras de tomates secos que haviam sido coletadas como parte de um estudo de longo prazo sobre os métodos de agricultura.

Eles descobriram que, na média, os tomates orgânicos tinham 79% mais quercetina e 97% mais kaempferol do que os convencionais.

Fertilizantes

A equipe diz que a diferença pode ser explicada pela concentração de nitrogênio no solo.

Segundo a revista científica New Scientist, os diferentes níveis de flavonóides se devem provavelmente à ausência de fertilizantes na agricultura orgânica.

Os flavonóides são produzidos como um mecanismo de defesa que pode ser acionado por deficiências de nutrientes, como a falta de nitrogênio no solo.

Como o nitrogênio está facilmente acessível nas lavouras convencionais, não-orgânicas, as plantas não “precisariam” produzir os flavonóides.

O estudo foi publicado na última edição da revista Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Ômega 3

O diretor para políticas públicas da Soil Association, uma ONG britânica que promove o consumo de alimentos orgânicos, disse que este é o segundo estudo americano a mostar diferenças nutricionais entre alimentos orgânicos.

“Essas descobertas também confirmam recentes pesquisas européias, que mostraram que tomates, pêssegos e maçãs processados de forma orgânica têm maior qualidade nutritiva do que os não-orgânicos”, disse Peter Melchett.

A agência que fiscaliza o setor alimentício na Grã-Bretanha reconheceu a existência de provas de que os flavonóides podem ajudar a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e disse estar estudando esses benefícios mais a fundo.

No entanto, um porta-voz disse que a orientação da agência é de que, apesar da possível diferença nos níveis de nutrientes, os alimentos orgânicos não são necessariamente melhores para a saúde.

A agência cita como exemplo um estudo recente mostrou que o leite orgânico tem níveis mais altos de ácidos graxos ômega 3. Segundo o órgão fiscalizador, esse ácidos não parecem ter os mesmos benefícios dos óleos ômega 3 encontrados em alguns peixes.

Fonte: BBC Brasil – 05 de julho, 2007

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: